Café descafeinado: o que é, como é feito e seus benefícios

0 comentários

Sabe quando bate aquela vontade de tomar um cafezinho antes de dormir? Esse é o momento ideal para apostar no café descafeinado. Mas se engana quem pensa que os fãs dessa bebida são apenas aqueles que não se dão bem com a cafeína.

Existem vários outros fatores, principalmente relacionados às questões de saúde, que fazem as pessoas procurarem por um café sem cafeína.

A boa notícia é que, hoje em dia, esse mercado está crescendo tanto que existem muitas opções de café descafeinado para todos os gostos. Se você ainda tem muitas dúvidas sobre esse assunto, neste artigo completo trouxemos todas as informações que você precisa para conhecer os benefícios e diferenciais do café descafeinado. Continue a leitura para conferir tudo!

 

O que é o café descafeinado?

O café descafeinado é um café em que 97% da cafeína foi retirada da sua composição. Esta substância, por sua vez, é um estimulante que quando consumido é absorvido pelo organismo e causa uma sensação de bem-estar. Se consumimos em pequenas quantidades, a cafeína não afeta negativamente a saúde, porém, pode ter alguns efeitos colaterais em determinados organismos ou se consumido em excesso, por exemplo:

  • dor de cabeça;
  • insônia;
  • ansiedade.

Por outro lado, o café descafeinado não causa nenhum desses efeitos justamente porque não conta com praticamente nada de cafeína. Mas não pense que por conta disso ele perde o sabor: ainda assim leva aroma, textura e sabor similares ao café comum.


Leia também: Café gourmet – o que é e seus diferenciais


Além disso, vale pontuar que o grão de café Arábica tem menos cafeína do que o Robusta, portanto, é o mais adequado para a produção de um descafeinado de alta qualidade. Na Café Já você encontra cafés 100% arábica.

 

Como acontece o processo de retirada da cafeína?

Você deve estar se perguntando se existem plantas de café com baixo nível de cafeína. Bom, estão sendo feitas diversas pesquisas e já até foi desenvolvida uma espécie arábica para se obter uma forma natural do descafeinado, mas ainda assim não há grandes plantações. Por isso, é preciso focar em outros métodos por enquanto!


Leia também: Grãos de café – do cultivo à xícara


Vale começar ressaltando que a descafeinação deve ocorrer quando o café ainda está verde, antes de ser torrado.

Voltando um pouquinho no tempo, em 1903, um químico alemão, Ludwig Roselius, conseguiu retirar a cafeína do café sem modificar muito o sabor da bebida. Como ele fez isso? Usando cloreto de metileno, que dissolve bem pouco os outros componentes do café e evapora facilmente. No entanto, na década de 1980, apontaram que o cloreto de metileno era uma substância cancerígena e, portanto, a indústria precisou ir atrás de outras soluções para continuar oferecendo o café descafeinado.

 

Método da água

Nesse caso, a cafeína é extraída na água quente e, em seguida, é retirada da água com um solvente orgânico. Depois, a água que está sem cafeína, mas contém os sabores do café, é colocada de volta nos grãos e secada. Assim, o solvente fica longe dos grãos.

 

Método do gás carbônico

Outro método é o do gás carbônico, em que as moléculas de cafeína são atraídas pelo gás carbônico e podem ser removidas sem impactar os outros componentes. É bem eficiente, porém, exige um alto investimento.

 

Lavagem dos grãos

Há também o processo de lavagem dos grãos de café. Nesse método os grãos são colocados na água junto de um extrato de café sem cafeína. Visto que há diferença de concentração, a cafeína se separa do grão. O lado bom dessa opção é que é livre de produtos químicos, além de preservar os sabores naturais do café.

 

Método de solvente direto

Muito comum, é um método que utiliza um solvente para dissolver a cafeína. Pode ser prejudicial ao sabor da bebida, pois não é possível atingir apenas a cafeína e, assim outros compostos positivos também são dissolvidos ao longo do processo.

 

Quais são os benefícios do café descafeinado?

Sabemos que é uma delícia tomar um cafezinho, mas muitas pessoas têm sensibilidade à cafeína, além de problemas como insônia ou ansiedade. Nesses casos, vale mais a pena investir no descafeinado para poder degustar a deliciosa bebida sem precisar lidar com efeitos colaterais que podem ser muito desagradáveis.


Leia também: Conheça 20 benefícios do café para a saúde


Mesmo assim, é preciso ficar atento, pois o café descafeinado, assim como o comum, aumenta a acidez no estômago e facilita o retorno de alimentos para o esôfago. Pessoas com gastrite e úlcera, por exemplo, precisam consumir com moderação qualquer um dos tipos da bebida.

A boa notícia é a comprovação de que, apesar da retirada da cafeína, os demais nutrientes do grão de café permanecem e, assim, proporcionam muitas vantagens para o nosso corpo. Confira alguns dos principais benefícios que estão presentes no café descafeinado (vários deles também estão presentes no café comum).

 

Prevenção do câncer

O descafeinado está associado a um risco menor de vários tipos de câncer. Pesquisas apontam que beber três xícaras por dia pode ajudar a reduzir o câncer de pele e próstata, por exemplo.

 

Proteção do fígado

O consumo do café descafeinado tem o potencial de proteger o fígado de cirrose e outras doenças, como o câncer de fígado. É claro que, para isso, deve ser tomado com moderação, afinal, nada em excesso faz bem.

 

Diminui os riscos de Alzheimer

Diversos estudos já apontaram que o café pode estar associado a um risco menor de demência e Alzheimer. Tanto o café comum como o descafeinado parecem ter esse mesmo benefício.

 

Prevenção de diabetes tipo 2

O consumo do café descafeinado é capaz de reduzir bastante o risco de diabetes tipo 2. Isso porque o café conta com magnésio, cromo e outros minerais que ajudam o corpo a usar a insulina. Dessa forma, a bebida ajuda a regular os níveis do açúcar no sangue.

 

Bem-estar do coração

Estudos apontam que mulheres que bebem café diariamente têm 25% menos chances de desenvolver doenças cardiovasculares do que pessoas que não consomem a bebida. O descafeinado pode ser uma escolha mais saudável para o coração, pois não tem efeitos colaterais da cafeína que podem afetar a saúde cardiovascular.

 

Conheça os melhores cafés descafeinados na loja da Café Já

Já se convenceu sobre experimentar o café descafeinado? Então vem para a loja online da Café Já conferir alguns sabores incríveis.

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação
Parabéns! Agora você pode utilizar o cupom CHEGUEICOM5 e receber o desconto!
Este e-mail já está cadastrado :(